História

Nos já longínquos tempos de 1931, e para colmatar a deficiência da freguesia do Souto da Carpalhosa em escolas primárias o Padre Jacinto António Lopes criou uma escola primária com duas salas de aulas, com uma área de 190 m2.

Tendo o Estado assumido a função educativa construindo escolas primárias públicas, deixou de haver necessidade das privadas, não acontecendo o mesmo com os jardins de infância, as pré-primárias e os lares de apoio a idosos. Não existindo, na área da freguesia, qualquer espaço dedicado a este fim, decidiu o Centro Paroquial, em 1984, criar um espaço de Jardim de Infância e Creche, ocupando as instalações da desativada escola católica. Foi inaugurado pelo Bispo Diocesano, com a presença das autoridades civis, a 6 de novembro de 1988. Nasceram assim as primeiras valências do Centro Social e Cultural da Paróquia do Souto da Carpalhosa.

Algum tempo depois, para poder acolher mais crianças, ampliou-se o salão paroquial, construído ao lado da escola católica, e no espaço criaram-se as necessárias condições para esse acolhimento. Da casa do Padre Jacinto António Lopes, construída com o intuito de ser lar de acolhimento de sacerdotes na sua velhice, fez-se, depois de ampliada, o Lar de idosos.

Nos anos finais da década de 90 o Lar foi ampliado para permitir o acolhimento de mais pessoas. Nos anos de 2011-2012 demoliu-se o espaço mais antigo e fez-se nova ampliação, criando condições para um maior e melhor acolhimento dos idosos.

Ao longo do anos, e consoante as necessidades sentidas, o “Centro Social” tem feito a aquisição de meios de transporte, contando com mais de uma dezena de viaturas de apoio, um miniautocarro e um veículo para o transporte de pessoas com mobilidade reduzida. É também possuidor de material de apoio e ortopédico que faculta a qualquer pessoa da comunidade, sempre que solicitado, ainda que quem precise não tenha necessidade dos serviços de qualquer uma das valências da Instituição.

Hoje (outubro de 2015), o “Centro Social” tem as valências de Creche, Pré-escolar, ERPI (Estrutura Residencial para Pessoa Idosos), SAD (Serviço de Apoio Domiciliário) e CD (Centro de Dia), estendendo a sua ação à paróquia do Souto da Carpalhosa e freguesias limítrofes.

Trabalham na Instituição 73 pessoas, que apoiam 105 pessoas idosas e 97 crianças.

 

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close